domingo, 23 de abril de 2017

Um amigo Padre Sagrado a Bispo

Desde quando acessei o velho orkut, conheci uma pessoa muito especial, a quem adquiri um enorme respeito e admiração. Tempo vai, tempo vem, muitas mudanças, e acabamos evoluindo nas redes sociais, até chegar no facebook, e lá estava ele.
Muitas histórias, muita água passando por baixo das pontes da vida. Os amigos davam uma sumida, e volta e meia nos encontramos  novamente.
E tem amigos que quando aparecem  só nos causam alegrias!
HOJE FUI NOVAMENTE SURPREENDIDA por esse querido amigo, cuja virtualidade, não difere em nada todo o sentimento que nutro por sua pessoa, pelo contrário só faz crescer.
Bom, amigos, eu falo da pessoa de um padre, e já adianto que eu não sou católica, e esse fato se explica pela genialidade desse  personagem, coisa que vocês poderão conferir, logo mais, quando eu  compartilhar aqui a sua mensagem de hoje.

Agradeço a jesus, por colocar entre nós os humanos, pessoas tão especiais como esse mensageiro Dele:


" Padre'Antonio Piber
22 de abril às 09:32 ·
Caros amigos e amigas, como é costume, antes da sagração de um bispo, divulga-se uma pequena biografia do Eleito:
Curriculum de Dom Piber
Dom Piber, nascido Gelson Antonio Piber, na cidade de Mata, RS, a 24 de maio de 1962, filho de Ellimar Piber e Teresa Hilda Schopf Piber, já falecidos, com quatro irmãos e cinco irmãs, cresceu em uma família ecumênica na qual seus parentes eram católicos, luteranos e anglicanos, convivendo com o ecumenismo não teórico, mas praticado no dia a dia.
Estudou o primário e o secundário em Mata, RS, cursando História em Porto Alegre no inicio dos anos 80, em 1986 ligou-se à a Fraternidade Missionária Ecumênica (hoje extinta), na qual fez estudos teológicos com formação na Faculdade de teologia do Mosteiro de São Bento do Rio de Janeiro e na Escola Superior de Teologia (da Igreja Luterana) em São Leopoldo, RS.
Fez missões populares no Rio Grande do Sul, Paraná, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Maranhão, Pará, Bahia, Rio Grande do Norte e Ceará e trabalhou como Missionário no Uruguai, Argentina, Angola e nos Estados Unidos.
Ordenado Sacerdote por Dom Roberto Garrido Padin em 2008, em Salvador, BA, foi Cura da Catedral, Vigário Geral do Nordeste, Coordenador Estadual do CONIC-BA e Pároco em São Gonçalo, RJ, posteriormente nomeado Administrador Diocesano de Itumbiara, GO, e organizador e Reitor do Seminário São Carlos do Brasil, trabalhou como missionário entre os ciganos Calons do Sul de Goiás.
É professor de teologia, escritor e conferencista e missionário.
Foi professor de História e Coordenador Estadual das Escolas da Febem, no Estado do Rio Grande do Sul.
Ativista dos Direitos Humanos, foi Conselheiro Estadual da Fraternidade Cristã de Doentes e Deficientes (do RS) e Conselheiro Nacional dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes e do Conselho Nacional para a Livre Orientação Sexual do Governo Federal.
Pós graduado em História, é Doutor em Teologia, pela Escola Superior de Teologia-EST, com a Tese “Cartas de Paulo: o Evangelho Subversivo”. Em 2005 e 2007, a convite da ONU, fez conferências sobre Direitos Humanos no Canadá e nos EUA; em 2007 foi agraciado com o internacional Prêmio Phenix (Phenix International Award), da Metropolitan Community Church, que contempla serviços relevantes prestados na Área dos Direitos Humanos.
Fundador do Mosteiro Domus Mariae, recebeu a bênção abacial a 15 de maio de 2016.
Atualmente Abade do Mosteiro Domus Mariae, em Goiás, Secretário do Arcebispado do Rio de Janeiro e Reitor do Seminário São João da Cruz.
Ingressou na Igreja Apostólica Vetero Católica do Brasil-Fidelitas em 2015, sendo eleito Primeiro Bispo de Goiás a 15 maio de 2016.

*Parabéns Padre Antonio Piber! Que Jesus o ilumine sempre na sua caminhada iluminando almas!

Nenhum comentário: