segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Calças jeans, Cós baixo e os Prejuszos ao corpo feminino.



A calça Jeans tem acompanhado ao longo dos tempos as mais variadas mudanças nas tendencias da moda feminina, e tem cumprido com louvor e glamour o seu papel. Uma peça que nasceu nas bordas das linhas férreas para os trabalhadores das rudes lides dos armazens ferroviários, chegou para ficar e tomou conta dos jovens  por volta dos anos 60, para numca mais sair.
 Desde então tem recebido pequenas modificações conforme as tendencias do mundo da moda. Até que chegou aos modelos de cós baixo, e muito justas. 

Para quem sabe usar fica bonito, mas para quem quer usar o que está na moda a qualquer custo, o custo mostrou-se traumatizantes. É comum e aflitivo deparar com mulheres de todas as idades, com o quadril repartido tanto quanto o bumbum, estrangulados por roupa que apesar de estar na moda, acaba deformando o perfil feminino brasileiro, tão admirado pelo mundo inteiro. Infelizmente fica impossivel não comparar a visão a uma cadeia de montanhas cortadas por  profundos e longos canyons. 
Agora deparo com diversos artigos tratando do mesmo assunto, e vejo que esta moda no final das contas em fonte de renda para os cirurgioões plásticos. 
Ebaaaa! Vai ser uma festa! Queira Deus que as mulheres cirurgiáveis tenham bastante ponderação e bom senso na escolha de profissionais responsáveis e gabaritados, pra que não venhamos a assisitr noticias de resultados desastrosos como se tornou comum nos casos de lipo. Oxalá tenham todas muito juizo!


Mas o pior de tudo isto, é que desde o lançamento do cós baixo, não consegui comprar uma calça jeans nova, porque se tornou impossível encontrar uma com o cós normal, e a solução foi usar modelos masculinos que apesar de serem 3 cm mais baixa que a feminina, consegue acomodar de forma confortável toda a musculatura do quadril, sem dividir meu corpo em montanhas entrecortadas por canyos.



Voce achou engraçado? Pois não ria que a coisa é séria. Já pensou as mulheres mais conservadoras, explodindo as gordurinhas excedentes? Ou mostrando os cofrinhos do "banco central?"
Só sei que hoje com meus quase seis ponto zero, me sinto bem tranquila com minha forma violão (celo), é verdade, porém não perdi as formas.

Bom, vejamos alguns comentários encontrados na midia virtual: _ “O uso das calças jeans de cós baixo, pode causar sérios e irreversíveis problemas ao corpo das adolescentes. Segundo o cirurgião plástico Marilho Tadeu Dornelas, o modelo da vestimenta aperta linearmente uma região que deve estar livre para o crescimento.
Como as mulheres costumam aderir a este tipo de roupa logo na adolescência, as marcas chegam cada vez mais cedo e mais profundas, inclusive pela obstrução na fase de desenvolvimento do corpo.
A universitária Natália Guedes utiliza o modelo desde os 12 anos. “Já notei marcas na pele e dores quando passo muito tempo utilizando as calças baixas. Procuro sempre revezar entre as largas e de cintura alta, mas as de cós baixo modelam o corpo, deixando-o mais bonito."
A estudante Daniela Canin diz que fica subjugada à moda. "Visto as calças baixas porque o mercado não oferece produtos de qualidade e que me agradam. O uso desde a adolescência me deixou com culotes e algumas marcas. Sempre que encontro, compro calças largas e de cintura alta."
Dornelas afirma que o tecido justo, os botões apertados e até a roupa de baixo também são responsáveis pelas deformidades, que, em muitos casos, apenas o procedimento cirúrgico resolve.
Ainda de acordo com o cirurgião, um número alto de mulheres vai mensalmente a sua clínica estética procurar a solução para as marcas provocadas na gordura que cobre a musculatura. "Há casos em que a depressão chega a um dedo de profundidade."
Dornelas diz que, no primeiro momento do tratamento, utiliza cosmético, como o gel redutor de gordura, para descomprimir a lesão. Porém, quando o paciente não responde ao estímulo, a única opção é a cirurgia.
 "Fazemos a lipoinjeção para retirar a gordura do abdômen superior, flanco ou joelho, e injetamos na depressão. A média de custo para o tratamento gira em torno de R$ 2 mil a R$ 3 mil."
Agora me diga por favor, vale a pena pagar esse preço pra ficar na moda?Sem falar que moda é cíclica, e o que hoje é considerado, feio, fora de moda, amanhã ou depois  retornará com tudo, mesmo que com algumas modificações!
E quem não pode pagar por um procedimento desse preço, como fica¿ Tenho a impressão que além da depressão muscular, teremos em breve uma população de mulheres mentalmente deprimidas por causa das depressões musculares!
Acesse o site e confira o que diz Dornelas a respeito do uso de sutiens apertados.
Com tudo isso, estamos assistindo o curinga de nossos guarda –roupas se transformarem em no produtor de graves problemas na estética de nossas mulheres.
O remédio paliativo seria revesar o uso do jeans, dando preferencia a outros tipos de roupas, como a saia, e ou outros materiais, mas muitas  tem no jeans parte dos uniformes tanto escolares, quando do trabalho, obrigando uma jovem estudante por exemplo a usar a mesma peça todos os dias da semana o dia inteiro.
História do jeans

O jeans surgiu no século XIX, em 1853, na época da febre do ouro nas minas da zona oeste dos Estados Unidos. Diante das queixas dos mineradores, que eram obrigados a substituir freqüentemente suas roupas devido ao desgaste, um jovem comerciante de San Francisco (Califórnia) chamado Levy Strauss teve a idéia de criar uma calça mais resistente para o trabalho nas minas de ouro. 

Os primeiros jeans foram confeccionados com uma tela grossa utilizada em toldos para cobrir carroças. Logo a “tela” de lona foi substituída por uma sarja de algodão. Strauss incorporou rebites nas peças. Estava criado o jeans básico, para o uso no dia-a-dia!

A partir de então, cada vez mais os trabalhadores aderiram ao jeans para exercer suas tarefas mais árduas e de exigência física. 

Entretanto, o jeans só passou a ser utilizado no dia-a-dia, em pleno século XX. Mas foi em 1935 que a Levi’s® criou as primeiras blue jeans especialmente para as mulheres. 

Continue  lendo: http://newcompany.br.tripod.com/jeans.htm

7 comentários:

quelsfs disse...

Obrigada pelas palavras de carinho e pela visita. Deus a abençõe grandemente.
Beij♥!

Blogueira Unidas - Oficial disse...

Parabéns Eunice, você é a sortuda do DESAFIO DIGITAL BLOGUEIRAS UNIDAS!!!

Aguardo seu endereço por e-mail e um comentário no blog, por favor!
siglea.oliveira@gmail.com

Beijocas!

Eliany Trassi disse...

Bom dia!
Parabéns por ter ganho o quinto desafio.
Merecido!
até mais!
isabel-mensagens.blogspot.com
mensagensepensamentos.blogspot.com

quelsfs disse...

Olá querida amiga.
Parabéns pelo desafio digital, estou muito feliz que tenhas ganhado. Seu testemunho de fé foi muito bem colocado. Acredito que tocou muitos corações com ele, inclusive o meu.
Eu tinha realmente votado em você, e estou feliz em dose dupla, pois tive empate com alguém tão especial. Que sempre faz brotar sorriso de meus lábios quando leio os recadinhos deixado no meu blog. Obrigado! Já tens um lugar muito especial no meu coração.
Beijinh♥ carinhoso!

Lucas Arte Digital disse...

Ola!
Faço parte do Blogueiras Unidas e vim aqui te visitar...
Meu numero é o 908. Seu blog está muito lindoo!!
Já estou te seguindo...
Espero sua visitinha no meu blog! Ficarei muito feliz em te receber lá!

Passa lá e segue tb??
http://lucasartedigital.blogspot.com/

Luciana Gomes disse...

Olá, querida! Passando pra conhecer o seu cantinho... Adorei, muito legal. Já to seguindo!
Aproveito p te convidar a conhecer o Vou-de-Blog (sou os números 1040 e 1041 nas Blogueiras Unidas) e a participar do sorteio q estou promovendo em parceria c o blog Território das Garotas: http://voudeblog-promos.blogspot.com/2012/01/sorteio-em-parceria-com-o-blog.html

Bjinhos.
Lu
www.voudeblog.com

eunice4590@hotmail.com disse...

Grata a todas que visitaram e deixaram seus gentis comentários. Deus os abençoe.